top of page
  • Foto do escritorCWB SEXY

7 mitos e verdades sobre o SÊMEN

Atualizado: 21 de jun. de 2023

CWB SEXY - 7 mitos e verdades sobre o SÊMEN

7 mitos e verdades sobre o SÊMEN

Quando falamos sobre sexo, o que fazemos entre 4 paredes fica por lá, não é mesmo? E também quando pensamos em “TUDO”, pensamos também no consentimento do(a) parceiro(a), o nível de intimidade e o tesão momentâneo. Entretanto, como o tabu é bastantinho grande, muitas pessoas com receio de se permitir aventurar e acabam não se arriscando.


Uma das perguntas mais frequentes em clínica é se engolir esperma engravida. Bem, o sêmen humano é um líquido proteico importantíssimo no transporte de espermatozóides para a fecundação. Mas, para que haja a gestação não basta somente isso, também é necessário o óvulo.


Logo em seguida, a resposta para esta pergunta é “NÃO”. A ingestão do gozo não engravida! Quando o sêmen é ingerido, ele irá até o sistema digestivo, portanto não haverá contato com ovários e útero. Mas e quanto aos outros diversos mitos sobre o sêmen?


É por isso que neste tópico vamos desvendar os maiores mitos sobre este assunto. Continue lendo e confira:

- 7 Mitos e verdades sobre o sêmen!


É no momento do sexo que provavelmente surgem perguntas como “será que a ingestão do esperma faz mal?” ou também “será que engolir gozo engravida?” passam pelo pensamentos da parceira. A maior parte desse tipo de questionamento existe pela falta de informação adequada que, por sua vez, é alimentada pelo tabu social sobre o sexo de modo geral.

Além do mais, muitas pessoas não gostam de engolir pelo fato de sentirem-se desconfortáveis, não gostarem do ato, ter medo de pegar alguma doença ou simplesmente sentir nojo do esperma. É aqui que o consentimento entre ambos entra. Não force o outro fazer algo simplesmente para o seu prazer!


Mas também existe uma outra perspectiva! E quando falamos de pessoas que gostam e sentem tesão na prática? Por mais que possam se sentir atraídas no momento, muitas pessoas alegam se sentir incomodados após tal ato. Isso se dá, também, pelos muitos mitos sobre o gozo e pela pouca quantidade de debates existentes sobre o assunto.

Hoje não! Vamos abrir o jogo contigo e desvendar os maiores mitos sobre o esperma! Vamos entender um pouco sobre isso.


1. É possível pegar DST pelo sêmen?

É possível pegar DST pelo sêmen? Não deixe de ler este artigo para saber mais sobre como você pode se proteger. Primeiro, é importante entender que, para transmitir uma doença sexualmente transmissível (DST), o organismo infectado precisa estar em contato com o organismo saudável.


Isso significa que qualquer tipo de contato íntimo, inclusive o contato sexual, pode levar à transmissão de uma DST. No entanto, o sêmen em si não é a única fonte de algumas DSTs. Por isso, é importante conhecer melhor sobre como é possível contrair uma DST pelo sêmen e quais medidas você pode tomar para se proteger.


De acordo com a Associação Americana de Doenças Sexualmente Transmissíveis, é possível contrair algumas DSTs pelo sêmen, como a gonorréia, a clamídia e a sífilis. Isso acontece porque quando o sêmen entra em contato com o órgãos genitais de alguém, ele pode trazer com ele os patógenos que causam essas doenças. Portanto, o contato pessoal intenso e o contato sexual são os principais fatores de risco para o contágio por essas doenças. Outras DSTs, como o HIV, podem ser transmitidas através do sêmen, mas também podem ser transmitidas através do sangue e, em alguns casos, através da saliva.


Aqui estão algumas medidas que você pode adotar para se proteger de DSTs pelo sêmen: Use sempre camisinha durante o contato sexual, consulte seu médico regularmente para realizar testes de DSTs, fique atento a sintomas de DSTs como vermelhidão, coceira, dor ou corrimento genital, e evite compartilhar objetos pessoais como toalhas ou roupa de cama. Se você tiver algum tipo de dúvida ou preocupação, converse com seu médico para obter ajuda. Dessa forma, você pode garantir que está seguro e saudável.

2. É possível engravidar engolindo sêmen?

A engravidar engolindo sêmen tem sido discutida de forma intensa nos últimos anos. Pesquisas sobre o tema indicam que, embora o espermatozoide possa sobreviver dentro da vagina, é improvável que ele possa sobreviver dento do sistema digestivo feminino. Se um homem ejacular na boca de uma mulher, ela não pode engravidar engolindo o sêmen.


Embora a probabilidade seja muito baixa, não pode ser completamente descartada. Existe uma pequena possibilidade de que durante a prática sexual, parte do sêmen possa vazar e entrar no sistema digestivo feminino, o que poderia, em certos casos, permitir que o óvulo seja fertilizado.

No entanto, é importante destacar que o espermatozoide não consegue sobreviver em índices normais de pH do sistema digestivo, o que o torna improvável que haja uma gravidez.


Existem algumas reportagens de mulheres que acreditam que engravidam com sêmen engolido, mas não há confirmação de que elas não estejam confundindo a fertilização com outras sensações que podem ser experimentadas durante o contato oral.


Em suma, mesmo que a engravidar engolindo sêmen seja possível, a probabilidade é muito baixa. A melhor forma de garantir que não haverá uma gravidez não desejada é usar contracepção de forma adequada e responsável.


3. Dá para melhorar o gosto do sêmen?

Muitas pessoas perguntam se é possível melhorar o gosto do sêmen. A resposta curta é: sim, é possível melhorar o sabor do sêmen! Vários fatores influenciam o sabor do sêmen, incluindo a dieta, nível de hidratação, genética e outros. Quando você se preocupa com o sabor do sêmen, existem várias coisas que você pode fazer para melhorar o gosto.


O sabor do sêmen pode variar de agradável a salgado e ácido. Esta variação pode ser causada pela dieta, tais como alimentos ricos em frutas citricas, suco de laranja, abacaxi e abacate, entre outros alimentos. O tabagismo também pode afetar o sabor do sêmen, pois fumaça de cigarro pode se infiltrar e alterar o sabor. A hidratação é importante para a saúde e também para melhorar o sabor do sêmen.


Beber alguns copos de água por dia é importante para garantir que há uma quantidade adequada de líquido no sêmen. A má qualidade do ar e a exposição a substâncias tóxicas também podem alterar o sabor do sêmen. Além disso, suplementos e vitaminas podem ser usados ​​para melhorar o sabor do sêmen.


Vitaminas como o zinco e o ácido fólico podem melhorar o gosto do sêmen e também ajudar a melhorar a qualidade do sêmen. Alguns suplementos como suplementos de ervas também podem ajudar a melhorar o sabor do sêmen. É importante lembrar que, para realmente melhorar o sabor do sêmen, é preciso mudar a dieta, hidratar-se adequadamente, evitar a fumaça do cigarro e evitar as substâncias tóxicas.

4. Sêmen possui sujeira?

Como alimento para os organismos vivos, nosso corpo produz vários fluidos, como o sêmen. Embora muitos pensam que os líquidos produzidos pelos humanos sejam sempre verdadeiramente seguros para consumo, algumas vezes isso pode não ser o caso. O sêmen, em particular, pode contêm sujeira que torna mais difícil para o seu corpo absorver o fluido. Ainda assim, a pesquisa não foi conclusiva, pois não há suficientes estudos sobre essa questão.


Conforme algumas pesquisas, alguns tipos de sêmen podem conter bactérias e outras formas de sujeira. Por exemplo, o sêmen pode conter alguns tipos de vermes que podem comprometer sua saúde. Além disso, alguns fatores, como tabagismo e doenças infecciosas, também podem influenciar a qualidade do sêmen.


No entanto, muitos especialistas argumentam que os níveis de sujeira no sêmen são geralmente muito baixos para fazer alguma diferença. Por exemplo, muitas vezes a quantidade de bactérias que está presente no sêmen é muito baixa para causar problemas para a saúde. Além disso, as bactérias que estão presentes no sêmen são geralmente consideradas seguras.


Enquanto alguns argumentam que o sêmen pode conter sujeira, não há conclusões definitivas a esse respeito. Assim, é importante que você consulte um profissional da saúde se você tiver alguma preocupação com o sêmen que você está produzindo. Ainda assim, é importante lembrar que é extremamente importante manter um estilo de vida saudável para garantir a produção de sêmen saudável.

5. Engolir o gozo faz mal para a saúde?

Engolir ou não engolir o gozo, esta é uma questão que, por anos, tem causado debate entre aqueles que optam por não deglutir o líquido durante as relações sexuais. Embora alguns argumentem que engolir o gozo pode ser uma alternativa saudável ao preservativo, existem riscos associados a isso.


Esses riscos dependem de muitos fatores, como a idade dos parceiros, se eles têm alguma doença sexualmente transmissível/infecção e se eles usam algum preservativo. Embora engolir o gozo possa não ser tão prejudicial para a saúde quanto engolir esperma, também pode haver alguns efeitos colaterais relacionados à sua ingestão. Estes incluem diferentes tipos de infecção, alergias, constipação e irritação gástrica.


Por isso, é importante conhecer os riscos associados e evitar engolir o gozo a menos que exista uma relação saudável entre os parceiros sexuais. Aqueles que decidem engolir o gozo também devem usar proteção, como preservativos, para reduzir o risco de contrair doenças sexualmente transmissíveis. De qualquer forma, é aconselhável consultar um profissional médico antes de tomar qualquer decisão relativa à saúde.

6. Sêmen engorda?

Engolir ou não engolir o gozo, esta é uma questão que, por anos, tem causado debate entre aqueles que optam por não deglutir o líquido durante as relações sexuais. Embora alguns argumentem que engolir o gozo pode ser uma alternativa saudável ao preservativo, existem riscos associados a isso.


Esses riscos dependem de muitos fatores, como a idade dos parceiros, se eles têm alguma doença sexualmente transmissível/infecção e se eles usam algum preservativo. Embora engolir o gozo possa não ser tão prejudicial para a saúde quanto engolir esperma, também pode haver alguns efeitos colaterais relacionados à sua ingestão.


Estes incluem diferentes tipos de infecção, alergias, constipação e irritação gástrica. Por isso, é importante conhecer os riscos associados e evitar engolir o gozo a menos que exista uma relação saudável entre os parceiros sexuais. Aqueles que decidem engolir o gozo também devem usar proteção, como preservativos, para reduzir o risco de contrair doenças sexualmente transmissíveis. De qualquer forma, é aconselhável consultar um profissional médico antes de tomar qualquer decisão relativa à saúde.

7. Gozo faz bem para a pele?

O esperma tem vários benefícios para a saúde da pele, tais como redução dos inflamações, limpeza dos poros, melhoria da textura da pele e até mesmo efeitos anti-envelhecimento. O esperma contém um alto teor de proteínas e cálcio, bem como certas enzimas, hormônios e vitaminas essenciais para a saúde da pele. Estas substâncias ajudam a alimentar as células da pele e dar-lhe um aspecto saudável e radiante.


O esperma também contém potencialmente poderosos antioxidantes que combatem os radicais livres, suavizando as linhas finas e rugas e mantendo uma pele jovem e saudável. Além disso, o esperma pode ajudar a aliviar a vermelhidão, inchaço e outros sinais de inflamação da pele. Estudos científicos também sugerem que o esperma pode ser um tratamento eficaz para a acne.


No entanto, é importante lembrar que qualquer tratamento com esperma deve ser realizado com cuidado sob supervisão médica para evitar possíveis efeitos colaterais indesejados. Enfim, o esperma pode ser uma ferramenta eficaz e segura para o cuidado da pele, desde que seja usado com cuidado.


- MAIS ALGUMAS OBSERVAÇÕES:


- O que é o esperma?

O esperma é o líquido produzido pelos testículos masculinos que contém células sexuais masculinas, que são chamadas de espermatozóides. As células espermáticas possuem um núcleo que contém todos os genes que determinam a aparência e a personalidade de uma criança. Quando o esperma é ejaculado dentro do útero feminino, ele se junta ao óvulo e fertiliza ou fecunda o óvulo. Quando isso acontece, o óvulo fertilizado começa a se dividir até formar um embrião. Os embriões se desenvolvem no útero até a gestação completa de um bebê.


O esperma contém uma mistura de enzimas, vitaminas, sais minerais, açúcares, proteínas e substâncias químicas que ajudam a dar energia à célula espermática, permitindo que ela nade até o óvulo feminino. O esperma também é responsável pela produção dos hormônios masculinos.


As células espermáticas são produzidas no testículo e armazenadas no epidídimo, onde elas maduram. Quando um homem ejeta o esperma, elas movimentam-se através dos canais dos vasos deferentes e de então para a próstata e as vesículas sexuais. Estes líquidos secretados somam-se às células espermáticas e formam o líquido seminal. O líquido seminal é composto principalmente por água, açúcares, sais minerais, proteínas e enzimas que ajudam a transportar e a preservar o esperma.


Portanto, o esperma é a parte essencial para a concepção de um bebê, no entanto, deve ser lembrado que é necessário mais do que apenas o esperma para conseguir a gravidez. É importante que os homens mantenham seus níveis de saúde, alimentação saudável.


- Onde é produzido o esperma?

O esperma é produzido num órgão chamado testículo, localizado nos órgãos genitais masculinos. O testículo é responsável por produzir espermatozóides, que são as células reprodutivas masculinas responsáveis ​​pela fertilização. A produção de espermatozóides é realizada por um processo de maturação celular e é regulada pela hormona testosterona. A testosterona é produzida tanto pelos testículos quanto pela glândula supra-renal, localizada acima dos rins.


Durante a produção de espermatozóides, eles se movem através dos canais seminíferos até a uretra, de onde são expelidos durante a ejaculação. No processo de ejaculação, o líquido seminal é secretado para ajudar a carregar e proteger os espermatozóides. O líquido seminal ajuda a proporcionar umidade e pressão para que os espermatozóides possam se movimentar e nadar até o óvulo.


O testículo não é o único órgão envolvido na produção de espermatozóides. Outras glândulas, como a próstata e as glândulas bulbouretrais, também são responsáveis ​​por produzir líquidos que ajudam a transportar os espermatozóides e aumentar sua sobrevivência. A produção de espermatozóides é um processo muito importante para a fertilidade masculina, pois a saúde e a quantidade de espermatozóides influenciam diretamente a capacidade de um homem de fertilizar um óvulo. Por esse motivo, é importante que os homens tomem precauções para preservar a saúde dos testículos e das glândulas sexuais, como usar roupas apropriadas e fazer exames regulares para avaliar o nível de espermadas.


- O que contém o esperma?

O esperma é responsável por fertilizar o óvulo durante a concepção. É produzido nos testículos por meio de milhões de células chamadas espermatozoides. A maioria das pessoas associam o esperma principalmente às células espermáticas, mas o líquido seminal contém muito mais do que isso. Como tal, é importante conhecê-lo melhor e entender tudo o que contém o esperma.


A principal parte do líquido seminal é uma mistura de componentes saneantes e nutritivos. Ácidos graxos, proteínas, eletrólitos, zinco, frutose, vitamina C e enzimas criam essa mistura. Todos esses componentes são necessários para a sobrevivência dos espermatozoides. Elas contêm a energia e os nutrientes necessários para garantir que o espermatozoide seja capaz de nadar efetivamente até o óvulo.


Além desses componentes alimentares, alguns componentes químicos também estão presentes no líquido seminal. Estes incluem prostaglandinas, que podem promover a contração do útero para ajudar a impulsionar os espermatozoides em direção ao óvulo, e citocinas, que são usadas para controlar a reação imune necessária para a fecundação.


Apesar do líquido seminal parecer ser predominantemente composto de componentes nutritivos, é importante mencionar que a maior parte do volume é produzida por componentes líquidos, como água. A água é crítica para manter a viabilidade dos espermatozoides. A quantidade de água varia de homem para homem, mas em média é de 95 por cento.


Portanto, compreender o que contém o esperma é importante para entender melhor como funciona a reprodução humana. As principais partes do líquido seminal são nutrição, eletrólitos, enzimas, zinco, frutose, vitamina C, prostaglandinas, citocinas e água. Juntos, eles ajudam a suportar os espermatozoides durante sua longa e árdua jornada até o óvulo.


- Quais são os benefícios da ejaculação?

Quais são os benefícios da ejaculação? É uma pergunta que muitos homens têm feito ultimamente. Embora alguns pensam que a ejaculação é muito simples e sem maravilhas, a verdade é que ela está ligada aos principais benefícios de saúde. Há muitas razões por que você deve considerar ejacular regularmente e aqui são alguns dos seus benefícios.


A ejaculação regular pode ajudar a aliviar a tensão mental e o estresse. Sentir-se satisfeito pode fazer com que você se sinta relaxado e também melhorar o seu estado de humor. Além disso, ejacular pode ajudar a liberar as endorfinas, que são hormônios produzidos pelo corpo que podem ajudar a diminuir a dor e melhorar o bem-estar geral.

Outro benefício da ejaculação é que pode melhorar a saúde do coração. A ejaculação regular pode diminuir os níveis de colesterol e melhorar a circulação sanguínea. Isso significa que pode ajudar na prevenção de doenças cardíacas, acidentes vasculares cerebrais e outras doenças relacionadas ao coração.


Outro benefício da ejaculação é que pode ajudar a reduzir a probabilidade de câncer de próstata. Um estudo realizado na Universidade de Harvard descobriu que homens que ejaculam mais frequentemente têm menos chance de desenvolver câncer de próstata. O estudo também descobriu que homens que ejaculam mais de 21 vezes por mês têm um risco reduzido de desenvolver câncer de próstata, em comparação com aqueles que ejaculam menos de cinco vezes por mês.


Uma vez que a ejaculação pode melhorar o bem-estar global, também pode ajudar a melhorar a qualidade dos relacionamentos. Quando você se sente satisfeito, você tende a ter uma melhor conexão com seu parceiro e isso pode levar a melhor interesse e desejo na vida sexual. Além disso, ejacular pode ajudar a melhorar a qualidade do esperma, o que pode tornar mais fácil para a concepção.


No geral, a ejaculação regular pode proporcionar muitos benefícios à saúde, emocionais e relacionais. É importante lembrar que é preciso ter cuidado com as ejaculações e fazê-las de forma segura. Embora os benefícios sejam significativos, é importante lembrar que ejacular de forma excessiva pode levar à fadiga e a outros problemas de saúde. É importante consultar um profissional de saúde antes de tomar qualquer decisão em relação aos hábitos de ejaculação.


- Por que a qualidade do esperma é importante?

A qualidade do esperma é significativamente importante para a fertilidade masculina e os homens devem entender como a qualidade do esperma pode afetar a sua fertilidade. A qualidade do esperma é uma das principais razões para falhas de fertilização in vitro. Por este motivo, a quantidade e qualidade do esperma devem ser avaliadas antes de um casal tentar engravidar. Além disso, diferentes fatores, como a saúde geral, uso de drogas, tabagismo, idade e infecções do trato urinário, podem afetar a qualidade do esperma de um homem. Existe uma série de fatores que podem ter um efeito negativo sobre a qualidade do esperma, como o estresse, a má alimentação, a obesidade, o uso excessivo de drogas e álcool.


A quantidade e a qualidade do esperma são determinantes para que um casal consiga engravidar de forma natural. Uma quantidade adequada de espermatozóides saudáveis é necessária para que a fertilização ocorra. A quantidade ideal de espermatozóides é de aproximadamente 40 milhões deles por mililitro de sêmen. Quanto à qualidade do esperma, os espermatozóides saudáveis devem ter uma forma normal, mobilidade, vigor e capacidade de fertilização. Se o homem tiver um nível de espermatozóides abaixo do limite normal ou se os espermatozóides não forem saudáveis, isso pode levar à infertilidade masculina e, portanto, à falha da fertilização. Portanto, é importante entender que a qualidade do esperma de um homem é importante para a fertilidade.


- Quais são os fatores que afetam a qualidade do esperma?

O esperma é um dos principais determinantes de fertilidade masculina. Os homens que querem ter filhos precisam estar atentos aos fatores que podem afetar a qualidade do esperma. Os fatores principais que afetam a qualidade dos espermatozoides incluem níveis de testosterona, estresse, maus hábitos alimentares, exposição à radiação, uso de drogas e medicamentos, doenças crônicas e infecções.


A testosterona é o principal hormônio sexual masculino e é responsável por regular muitas funções relacionadas à fertilidade. Níveis baixos deste hormônio podem levar à redução da qualidade do sêmen. Outro fator importante é o estresse crônico, que também pode afetar a fertilidade masculina. Estudos têm demonstrado que homens que sofrem de estresse crônico têm maior propensão a gerar espermatozoides de baixa qualidade.


Os hábitos alimentares também desempenham um papel significativo na fertilidade masculina. A ingestão de alimentos ricos em antioxidante, como frutas e vegetais, é essencial para melhorar a qualidade dos espermatozoides. Também é aconselhável evitar o consumo exagerado de alimentos ricos em gordura e açúcar. Além disso, a exposição à radiação ou ao uso de drogas como tabaco, álcool e certos medicamentos também podem afetar negativamente a qualidade do esperma.


As doenças crônicas como diabetes, infecções, doenças do fígado e doenças autoimunes também são fatores de risco que podem afetar a qualidade dos espermatozoides. É importante visitar o médico regularmente para garantir que qualquer doença crônica esteja sob controle. Além disso, se você estiver sofrendo de alguma infecção, seja por bactérias, vírus ou fungos, deve procurar atendimento médico imediatamente para receber um tratamento adequado.


Em suma, os fatores que afetam a qualidade do esperma incluem níveis hormonais baixos, estresse crônico, hábitos alimentares ruins, exposição à radiação, uso de drogas, doenças crônicas e infecções. Por isso, é importante que os homens que desejam ter filhos se mantenham saudáveis, evitando hábitos nocivos e monitorando regularmente a qualidade dos espermatozoides. Por fim, não hesite em buscar ajuda médica se precisar.


- Como melhorar a qualidade do esperma?

Muitos homens desejam melhorar a qualidade do esperma para obterem uma gravidez bem-sucedida e uma melhor saúde reprodutiva geral. Existem muitas maneiras de melhorar a qualidade do esperma, desde mudanças de estilo de vida até terapias medicamentosas.


Uma boa maneira de começar a melhorar a qualidade do esperma é ajustar o seu estilo de vida. Exercício regularmente, coma uma dieta saudável, mantenha um peso saudável e reduza o estresse. Todas essas coisas podem melhorar de forma significativa a qualidade do esperma. Além disso, evite o uso excessivo de álcool, tabaco e outras drogas, que também afetam negativamente a qualidade do esperma.


Outra maneira de melhorar a qualidade do esperma é a ingestão de suplementos como vitaminas C e E, zinco, selênio, ácido fólico e ômega-3. Esses suplementos estão clinicamente comprovados para aumentar a qualidade do esperma. Existem também alguns produtos naturais que são conhecidos como tónicos reprodutivos, que podem melhorar o número e a motilidade dos espermatozóides.


Finalmente, muitos homens podem precisar de algum tipo de tratamento medicamentoso para melhorar a qualidade do esperma. Se uma causa de baixos níveis de esperma puder ser identificada, o médico pode prescrever medicamentos para tratar a condição subjacente. Se a causa da baixa qualidade do esperma não puder ser identificada, os médicos podem recomendar terapias hormonais ou outras medicações para ajudar a melhorar a qualidade do esperma.


Em conclusão, muitas coisas diferentes podem afetar a qualidade do esperma, mas, felizmente, há muitas coisas que você pode fazer para melhorar a qualidade do esperma. Ajustando o seu estilo de vida, tomando suplementos e procurando tratamento medicamentoso, você pode melhorar significativamente a qualidade do esperma e aumentar as suas chances de obter uma gravidez bem-sucedida. Melhorar a qualidade do esperma é algo que qualquer homem pode fazer - desde que faça essas mudanças de maneira consciente, cuidadosa e responsável.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


142 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page